Resultados
Saiba os resultados
das suas análises
Notícias
Teste Serológico: Deteção e doseamento de anticorpos específicos das classes IgG e IgM.

 

 

De acordo com as recomendações da Direção Geral de Saúde (DGS), o diagnóstico da Covid-19 deve ser realizado através de testes de deteção do genoma do vírus SARS-CoV-2 por RT-PCR.

 

Contudo, os testes serológicos têm particular importância na caracterização do estado de imunidade da população.

 

 

Este teste tem indicação nas seguintes situações:

 

 

  • Pessoas que tiveram sintomatologia associada à COVID-19, a quem não foi valorizado o quadro clínico, por ter acontecido ainda antes do contexto epidemiológico de COVID-19;

  • Pessoas que tiveram sintomatologia associada à COVID-19 e não puderam fazer o teste RT-PCR em tempo útil;

  • Pessoas assintomáticas que foram contacto de doentes COVID-19 confirmados por RT-PCR, para avaliação da eventual resposta imunológica;

  • Avaliação da resposta imunológica em pessoas que tiveram COVID-19 confirmado por pesquisa de RNA do vírus SARS-CoV-2 por RT-PCR;

  • Complementar os estudos de RT-PCR negativos, em casos de doença ligeira, e consequente baixa carga viral, em pacientes com clínica de COVID-19 ou em situações onde, devido ao desenrolar da doença, já não exista carga viral apreciável nas amostras das vias respiratórias superiores;

  • Estudos epidemiológicos para análise da prevalência de anticorpos na população e qual a sua cinética temporal.

 

 

 

Este teste tem as seguintes características:

 

 

  • Na fase atual do conhecimento, ainda não existe evidência científica suficiente para afirmar que a presença de anticorpos IgG anti SARS-CoV-2 seja garante de uma resposta imune eficaz e a longo prazo;

  • A dinâmica da resposta IgM e IgG é incerta e variável no curso da doença, pelo que um resultado negativo de IgM e de IgG não exclui que o doente esteja infetado por SARS- CoV-2, especialmente em doentes imunocomprometidos, cujos resultados devem ser interpretados com precaução;

  • A infeção primária por SARS-CoV-2 é caracterizada pela presença de IgM detetáveis entre o 7º e 10º dia, na maioria dos casos, embora essa presença possa ocorrer, em casos mais graves, entre o 3º e o 5º dia após o início dos sintomas, mantendo-se por 30 dias aproximadamente;

  • O anticorpo IgG é detetável entre os 10º e o 20º dia após o início dos sintomas;

  • Nos estadios iniciais da infeção, a presença de IgG e IgM anti SARS-CoV-2 pode estar abaixo do limite de deteção do teste;

  • Este teste apenas indica a presença ou ausência de IgG/IgM para SARS-CoV-2, devendo o diagnóstico da COVID-19 ser realizado através de testes de deteção do genoma do vírus SARS-CoV-2 por RT-PCR, de acordo com as recomendações da DGS, OMS e ECDC;

  • Um resultado não detetável no período inicial da infeção (até ao 10º dia) não exclui a possibilidade de infeção por SARS-CoV-2;

  • Os resultados de pacientes imunocomprometidos devem ser interpretados com precaução;

 

 

 

Todos os resultados devem ser analisados em contexto clínico e, se necessário, complementados com a Pesquisa de RNA do vírus SARS-Cov-2 por RT-PCR.

 

Realiza-se sem apresentação de prescrição médica, em qualquer unidade de colheita.

 

Os resultados são emitidos no dia da colheita e poderão ser consultados no nosso site ou por email, mediante a utilização das credenciais de acesso.

 

 

 

 

 

Referências:

 

Guo L et al. Profiling Early Humoral Response to Diagnose Novel Coronavirus Disease (COVID-19). Clin Infect Dis. 2020.

 

WHO [online]. “Immunity passports” in the context of COVID-19: scientific brief. 2020.

 

Li Z et al. Development and clinical application of a rapid IgM-IgG combined antibody test for SARS-CoV-2 infection diagnosis. J Med Virol. 2020.

 

Li X et al. Molecular immune pathogenesis and diagnosis of COVID-19. J Pharm Anal. 2020.

 

Long Q et al. Antibody responses to SARS-CoV-2 in COVID-19 patients: the perspective application of serological tests in clinical practice. medRxiv. 2020.

 

Patel R et al. Report from the American Society for Microbiology COVID-19 International Summit, 23 March 2020: Value of Diagnostic Testing for SARS–CoV-2/COVID-19. mBio. 2020.

 

Zhao J et al. Antibody responses to SARS-CoV-2 in patients of novel coronavirus disease 2019. Clin Infect Dis. 2020.

 

Xiao S et al. Evolving status of the 2019 novel coronavirus infection: Proposal of conventional serologic assays for disease diagnosis and infection monitoring. J Med Virol. 2020.